Ana Malhoa dá valente tralho durante atuação na TVI

24068097_1525856417492366_5139196585944394134_n

Ana Malhoa foi a um programa da TVI e teve um pequeno problema: caiu em directo. Nas redes sociais o assunto fez sucesso. A cantora tem um novo tema e no videoclip usa um véu muçulmano no deserto.

Uma pedreira, um cavalo branco, um niqab (véu usado por algumas mulheres muçulmanas para cobrir o rosto), três bailarinos de tronco nu, e muitos movimentos lascivos. São estes os ingredientes principais do novo vídeo de Ana Malhoa sugestivamente intitulado ‘Ampulheta’.

Sugerimos a nova página O Homem Invisível

Entre as sonoridades de raízes urbanas, as harmonias latinas e a música de inspiração árabe, o novo vídeo começa logo com um aviso: “La Dueña [nome da produtora de Ana Malhoa] é outro nível”. E a verdade é que a cantora surge precisamente no cimo de uma pedreira.

Ao longo de quase quatro minutos, Malhoa, sempre ladeada pelo cavalo e pela musculatura dos três bailarinos – também eles de rosto coberto por um niqab -, vai soltando rimas, sendo o ponto alto atingido com a terminação ‘nha’: “Anda/ Deixa de manha/Até de manhã/Vou queimar a tua lenha/Sabes a senha/Até que eu me venha!”.

Sugerimos a nova página O Homem Invisível

Moral da história: quem nunca viveu uma daquelas relações capazes de dar a volta à cabeça: “Vira-me ao contrário… ampulheta.” Assim se faz o refrão.

De regresso aos videoclipes erótico-sensuais, a cantora volta uma vez mais a mostrar a boa forma aos 38 anos de idade. Resultado: quase 40 mil visualizações em apenas um dia.

‘Ampulheta’ surge um ano e meio depois de Ana Malhoa ter lançado ‘Dáme um Besito’, videoclipe em que se dividia entre uma cama de hotel e um chuveiro, entre a lingerie e uma t-shirt molhada.

Há dois anos lançou ‘Encaixa Baby Encaixa’ (uma tema evocativo das lap dances) e há três anos o ‘clássico’ da música latino-portuguesa chamado ‘Turbinada’, que já ultrapassou três milhões de visualizações.

Comentar

Comentários