“O meu namorado insiste em fazer sexo anal comigo, mas acho nojento”

1-191

“O meu namorado insiste em fazer sexo anal comigo, mas acho nojenta esta prática. Com esta vontade exagerada dele começo também a ganhar-lhe alguma aversão.”

O seu caso é um excelente exemplo da consequência de dizer sim quando queremos dizer não. Cada vez que cede a algo para agradar ao outro está a alimentar a “repulsa”. A sexualidade faz parte de uma vida ativa e feliz, se for vivida com satisfação. O consultório da Revista Maria relata casos reais e responde a perguntas dos nossos leitores, com a ajuda da dra. Ana Rita Dias.

Comentar

Comentários