Guarda prisional deixa profissão para se tornar atriz porno

Sem Título

Isabelle Deltore, guarda prisional na Austrália, decidiu abandonar a profissão para se dedicar à indústria pornográfica. A mulher, que recebeu o prémio miss mundo na categoria nudez, mudou o rumo da sua vida depois de ser alvo de assédio sexual no trabalho.

“O termo técnico para aquilo que eu faço agora é erotismo”, afirma Isabelle. A mulher de 35 anos afirma que apenas se filma a solo ou com outras mulheres e sublinha que este seu novo trabalho é muito mais lucrativo. Desde que decidiu mudar de vida, Isabelle já conseguiu ser capa de inúmeras revistas pornográficas e já lançou a sua própria linha de produtos eróticos.

O novo trabalho deixou-a muito confiante e Isabelle diz que é cada vez mais difícil parar de trabalhar. “Eu defino os meus objetivos e não descanso enquanto não os consigo concluir”, revela. Uma chamada de skype com a miss nudez custa cerca de 64 euros e o cliente tem direito a ver Isabelle nua.

Comentar

Comentários