Lucho expulso do clube depois de bater na mulher

lucho

Andreia Marques, mulher de Lucho González, acusa o antigo jogador do FC Porto de a ter tentado matar, no dia 8 de dezembro, em casa, no Brasil. “Nós discutimos e ele empurrou-me várias vezes. Depois atirou-me à cama e apertou-me o pescoço com as duas mãos e dizia: ‘Eu vou-te matar’. Fiquei toda pisada e com os pulsos todos cortados. Depois pendurou-me na janela, chamou os nossos filhos [Maria, de 2 anos e Matteo, de 7] e disse: ‘Venham ver a vossa mãe louca a morrer’. Ele também agrediu o Matteo, que lhe pedia para parar. Pegou-lhe num braço e atirou-o ao chão”, disse ao CM Andreia, a portuguesa que é casada com o jogador argentino desde 2014.

Sugerimos a nova página O Homem Invisível

“Fui inanimada para o hospital. Ele quase me matou. Estou cheia de medo dele”, frisou Andreia, que diz que o jogador foi afastado do Atlético Paranaense após o clube ter sabido das agressões. “Expulsaram-no porque sabiam que isto era um escândalo”, contou. O tribunal do Paraná emitiu agora uma ordem de restrição do jogador à mulher e aos filhos. O CM contactou o futebolista que não atendeu o telemóvel nem respondeu às mensagens enviadas.

Comentar

Comentários