Lindelof, Neymar e De Gea

Mercado-da-Bola1
Lindelof

Benfica e Manchester United voltaram a discutir, na semana passada, a transferência de Victor Lindelof. O interesse dos red devils no defesa-central de 22 anos não é novo mas as posições dos clubes ainda estão distantes para que se possa antecipar um entendimento em breve. Há, no entanto, margem para um entendimento, apesar de o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, ter fixado bem alta a fasquia – leia-se valor em milhões de euros – para libertar o internacional sueco.

Vieira espera faturar €60 milhões com a transferência de Lindelof, depois de ter chegado a acordo por €4 milhões com o Vasteras, clube de origem do sueco, que reclamava 20 por cento de uma futura transferência e bónus pelo desempenho do jogador. É um valor astronómico para um defesa-central – basta lembrar que o PSG pagou €50 milhões para contratar David Luiz, que regressou aos londrinos por €35 milhões – mas o líder das águias está convencido de que algum clube poderá, pelo menos, aproximar-se dele.

Neymar 
E o Manchester United voltou a manifestar interesse no central durante a passagem de Vieira por Manchester, na semana passada, dia 20, por ocasião da segunda mão dos quartos de final da Liga Europa entre os red devils e o Anderlecht. O clube de José Mourinho está pronto a avançar com €45 milhões. Foi essa, aliás, a verba que bateu no último dia do mercado de transferências de Inverno, 31 de janeiro, quando Vieira esteve em Inglaterra em negociações. Mas, na altura, o presidente das águias preferiu manter o defesa, tendo em contra a prioridade em conquistar o tão desejado tetra. Por outro lado, a saída de Gonçalo Guedes para o PSG (€30 milhões) e a venda em definitivo de Hélder Costa (€16,2 milhões) ao Wolverhampton deram algum conforto financeiro às águias. Vieira acredita que pode vender Lindelof por um valor recorde – e a habilidade do sueco em marcar livres diretos reforça essa convicção.

Segundo noticia o jornal Daily Record, Neymar está à espera que o Manchester United avance para a sua contratação no próximo verão.

O jogador, sempre de acordo com a mesma fonte, terá confidenciado aos seus amigos mais próximos que o clube orientado por José Mourinho estaria na disposição de bater a cláusula de rescisão constante no contrato que atualmente tem com o Barcelona (200 milhões de euros).

A notícia sai ainda reforçada com a necessidade de o Manchester United contratar um avançado para colmatar a baixa de Zlatan Ibrahimovic, operado ao joelho e com ausência dos relvados estimada em cerca de seis meses.

De Gea

Real Madrid e Manchester United não começaram, ainda, a negociar a transferência de David de Gea, porém, tudo indica que o guarda-redes espanhol possa, por fim, mudar-se para o Santiago Bernabéu no próximo verão.

Escreve o jornal Marca que a transferência poderá custar aos cofres do Real Madrid entre 70 a 75 milhões de euros, uma verba que os merengues consideram bem empregue tendo em conta uma série de fatores estratégicos: reforçar a baliza com um dos melhores guarda-redes do mundo; rejuvenescimento do plantel, dando ao mesmo tempo seguimento à política de contratação de jogadores espanhóis; pelo marketing, por tratar-se de um jogador da seleção.

Segundo a mesma fonte, esta transferência poderá facilitar as negociações relacionadas com alguns jogadores que são desejados por José Mourinho para o Manchester United, como Álvaro Morata ou James Rodríguez, ainda que o Real Madrid queira tratar cada caso isoladamente.

Comentar

Comentários