Perseguido por 35 km em fuga louca à polícia

img_757x498$2017_11_01_01_43_05_681264

Foi mandado parar pela PSP durante uma operação de fiscalização de trânsito, na VCI, na zona do Amial, Porto. Sem carta de condução e com várias doses de droga no carro, o homem, de 55 anos, carregou no acelerador e não acatou as ordens dos agentes.

Fugiu a alta velocidade em direção à A3, entrou na A4 e seguiu pela A41 (sentido Paços de Ferreira-Gondomar). Só parou 35 quilómetros depois, na rotunda da EN319-2, em Sobreira, Paredes. Tudo aconteceu na segunda-feira de manhã, pouco depois das 10h00. Sem escapatória, e após ter sido perseguido pela patrulha da Esquadra de Intervenção e Fiscalização de Trânsito da PSP durante quase uma hora, o suspeito, que reside no Marco de Canaveses, acabou por parar o veículo junto à rotunda e não resistiu à detenção. Foi notificado para comparecer, ontem, no tribunal, indiciado por vários crimes.

Ao que o CM apurou, o homem foi mandado parar pelos agentes por conduzir de forma suspeita e, após ignorar as indicações dos polícias, fugiu, desobedecendo a regras e sinais de trânsito, sem tomar as devidas precauções de segurança rodoviária. A perseguição pelas quatro autoestradas foi bastante aparatosa, tendo o veículo da PSP feito o percurso com os pirilampos acesos e o respetivo sinal sonoro ligado de forma a captar a atenção do indivíduo em fuga. Ao homem, que não terá cadastro criminal, a PSP apreendeu 49 doses de cocaína e seis de heroína.

 

Comentar

Comentários