Viola mulher durante parto

gravida

Uma mulher acusa o companheiro de a ter violado enquanto estava em trabalho de parto do filho que têm em comum. O caso está a ser julgado num tribunal do Reino Unido. A grávida terá acordado com contrações durante a noite e para aliviar as dores pôs-se de gatas.

Entretanto, o marido acordou e, de acordo com o relato da vítima em tribunal, ao ver a mulher nua naquela posição terá ficado excitado. A mulher garante que apesar de estar a chorar com dores o companheiro forçou-a a ter relações sexuais. De acordo com o relato, divulgado pela imprensa inglesa, depois do ato sexual o homem preparou um banho à mulher e levou-a ao hospital onde, poucas horas depois deu à luz. Só algum tempo depois de ser mãe é que a mulher decidiu apresentar queixa contra o companheiro afirmando que até agora não se lembrava do sucedido.

A acusação alegou em tribunal que o homem de 40 anos terá agido sem consentimento da mulher, mas o homem nega todas as acusações de que é alvo. Diz que não manteve qualquer prática sexual com a mulher.

Comentar

Comentários